Cultive hortaliças e temperos na sua casa

Com uma mini-horta você terá itens sempre fresquinhos à sua mesa

Por Gisele Macedo Sá
cultive hortalicas e temperos na sua casa Cultive hortaliças e temperos na sua casa

Foto: Thinkstock

Quem gosta de cozinhar – ou pelo menos de comer – sempre vai preferir, por exemplo, um manjericão fresco aos industrializados. Mas como conseguir hortaliças e temperos frescos sem ter que ir à feira todos os dias? Uma mini-horta instalada na sua casa pode resolver este problema. E nem comece com as desculpas “mas eu moro em apartamento” ou “não tenho espaço para plantar”, pois com ideias simples e práticas qualquer um poderá cultivar os temperos.

A arquiteta e paisagista Adriana Provença explica que o espaço para a mini-horta pode ser pequeno e até inusitado. “O parapeito de uma janela servirá perfeitamente para colocar quatro ou cinco vasos. Um canto na sua área de serviço também pode abrigar as mudas. Você pode ousar e fazer uma horta vertical em um corredor”, conta.

Porém o mais importante mesmo é que o local receba luz direta do sol (de preferência o da manhã), pois as plantas precisam de no mínimo quatro horas de iluminação natural para crescer. Prefira também um local arejado, mas que não tenha uma corrente de vento forte.

Os materiais para compor a horta também são simples e baratos. Você pode utilizar pequenos vasos individuais, feitos de plástico, cerâmica ou barro. Você também pode utilizar as caixas jardineiras retangular de plástico e dividir diversas mudas na mesma peça. Essas caixas são ótimas quando o espaço é bem limitado.

E você pode ser ainda mais ecológica e natural e reutilizar garrafas pets ou latas de alumínio – dessas de achocolatado ou leite em pó – para fazer seus vasos. Mas fique atenta a possibilidade de drenagem dos vasos, pois se não drenadas corretamente, as raízes das plantas podem apodrecer e seu trabalho irá, literalmente, por água abaixo.

Depois é hora de investir no preparo do solo para garantir uma horta saudável e constante. Você pode comprar terra adubada ou fazer uma mistura de duas partes de terra comum, mais uma parte de composto orgânico e uma parte de areia, que vai facilitar a drenagem. Com essa mistura fofa as raízes encontrarão caminho para crescer.

Escolha as sementes, que podem ser cebolinha, salsinha, manjericão, hortelã, erva-doce, erva-cidreira, etc. Tudo depende do seu gosto pessoal e do seu uso também. Acomode-as no meio da terra preparada e aguarde.

Para a manutenção lembre-se que é preciso regar a sua mini plantação todos os dias, mas só o suficiente para umedecer a terra, nada de encharcar os vasos. Conforme for utilizando os temperos, faça a manutenção com o adubo e também uma poda para tirar folhas murchas ou machucadas. Você certamente receberá um elogio a mais na hora em que servir a refeição.