Cuide da saúde bucal do seu bebê

Mesmo que ainda esteja em aleitamento, a criança pode desenvolver cáries

Por Gisele Macedo Sá
cuide da saude bucal do seu bebe Cuide da saúde bucal do seu bebê

Foto: Thinkstock

Quando o bebê nasce, a mãe tem diversas preocupações. Os cuidados com o recém-nascido, a nova rotina, a sua alimentação e outros tantos detalhes. Mas no meio desse turbilhão de orientações e novidades, a mamãe, especialmente a de primeira viagem, não se atenta ou às vezes nem sabe sobre os cuidados com a saúde bucal dos bebês.

Mas os recém-nascidos precisam de cuidados com os dentes mesmo que eles ainda não tenham nascido? Sim. É o que explica a pediatra, do Comitê de Aleitamento Materno da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS), Roseli Kripka. “Mesmo crianças que estejam apenas em aleitamento materno podem desenvolver cáries. Portanto a higiene é fundamental para prevenção das mesmas”, explica a médica. A cárie é uma infecção causada pela integração entre baterias e carboidratos fermentáveis, como restos de alimentos, associada a uma higiene inadequada, que destrói o dente.

Então, para evitar que o seu bebê tenha problemas dentários no futuro, cuide da higiene oral dele desde o seu nascimento. A especialista explica que a limpeza bucal dos recém-nascidos deve ser feita com uma gaze ou fralda umedecida em água fervida e fria ou em água filtrada. A mãe deve passar delicadamente a gaze na gengiva, nas bochechas e na língua do bebê após cada mamada. O procedimento deve remover os resíduos do leite que ficaram na boca do bebê.

Passados cerca de seis meses, quando os dentinhos do bebê começarem a aparecer, os hábitos de higiene devem ser mudados. A mãe deve utilizar uma escovinha de dedo, feita de silicone, para remover da boca do bebê os restos de leite e também de comida, já que nessa fase os bebês iniciam também uma dieta diferente com a inclusão de novos alimentos, além do leite.

Com cerca de 1 ano, a higienização bucal da criança já pode ser feita uma vez por dia com escova de dente infantil e pasta. “Mas atente-se para usar uma pasta de dente infantil e sem flúor. Antes dos 2 anos não é indicado o uso de creme com flúor”, enfatiza Roseli. A partir desta idade os pais também podem levar o bebê para a primeira consulta ao dentista. O odontopediatra irá aconselhar a mãe quanto à escovação correta dos dentes da criança, além de esclarecer sobre os cuidados no uso de chupeta e mamadeira.

Quanto mais cedo a criança for levada ao dentista, mais confiança ela terá no profissional e mais conhecimento ela irá absorver para manter os dentes saudáveis uma saúde bucal impecável.