Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Conheça os suplementos termogênicos e seu poder de ação

Saiba a real eficácia dos suplementos que prometem ajudar a queimar de gordura corporal

em 19/03/2013

Foto: Thinkstock

Suplementos termogênicos são pílulas projetadas com ingredientes que impulsionam a queima de gordura corporal mais rapidamente. Porém, ao contrário do que muitas pessoas pensam estes comprimidos não derretem a gordura e a extirpam magicamente do corpo, eles apenas potencializam o trabalho da rotina de exercícios e alimentação equilibrada, por isso, para manter-se saudável, não se deve criar expectativas erradas com relação ao produto e usá-lo indiscriminadamente.

A combinação dos ingredientes dos suplementos termogênicos faz o corpo liberar adrenalina, provoca aceleração nos batimentos cardíacos, dá mais disposição para atividades físicas e mentais e promove um pequeno aumento da temperatura corporal. Estes efeitos contribuem para a aceleração do metabolismo, criando um ambiente propício para a redução das reservas lipídicas e, assim sendo, para o emagrecimento.

A consequência do mecanismo de ação destes comprimidos é um maior aporte energético para a prática de atividades físicas – por causa do nível maior de adrenalina; uma perda de peso mais rápida – já que o corpo se esforçará para reduzir o aumento de temperatura corporal induzido queimando gorduras; e um ganho maior na definição do corpo – por, com menos gordura, expor a massa muscular.

Uso correto dos suplementos termogênicos

Os suplementos termogênicos só surtem um bom efeito se estiverem aliados a uma rotina adequada de exercícios e alimentação. Se uma pessoa consumir altas doses de suplementos termogênicos para compensar a falta de disciplina, poderá sofrer com insônia, angústia, agitação, alteração de humor, falta de ar, taquicardia e dependência.

A taxa de queima de gordura pode ser melhorada com o uso dos suplementos, mas a perda de peso saudável é gradual. Para este processo ser seguro, deve-se perder no máximo três quilos por semana, do contrário haverá perda de massa muscular e danos ao organismo.

Para fazer o uso correto dos suplementos é importante consultar um nutricionista ou endocrinologista para avaliar qual substância e dosagem é mais adequada. Além disso, é preciso estar atento a alguns pontos:

  • Informar ao nutricionista caso possua problemas cardíacos, pressão alta ou use remédios para o sistema nervoso;
  • Tomar as doses recomendadas e obedecer às pausas de uso para prevenir que seu corpo não vicie nos efeitos da adrenalina e fique prostrado quando parar de usar;
  • Não deixar de ingerir o produto sempre com um copo grande de água;
  • Enquanto estiver fazendo o uso dos suplementos, ficar atento ao consumo de álcool ou café, evitando-os ao máximo.

Casos de suplementos termogênicos perigosos

Existem suplementos termogênicos feitos à base de medicamentos estimulantes como as anfetaminas e os análogos à anfetamina, como a efedrina, estes produtos são extremamente perigosos e são proibidos no Brasil. Apesar da proibição, muitas pessoas importam estes suplementos com anfetaminas e efedrinas, pois têm efeito mais intenso e prolongado.

“Os produtos permitidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA, costumam perder efeito ao longo do tempo, pois o organismo se adapta a seus princípios ativos – como a cafeína e a taurina, porém o consumo das substâncias ilegais estrangeiras não se justifica, pois seus efeitos colaterais são graves como: taquicardia, pressão alta, acidentes vasculares cerebrais, problemas no fígado e rins, complicações nos pulmões e insuficiência cardíaca.”, alerta a nutricionista, Isabella Peixoto.

Alternativas para quem não quer se arriscar

Para quem não quer se arriscar com quaisquer suplementos, Dra. Isabella indica usar a alimentação como fonte de termogênese.

Segundo a nutricionista carioca, alguns alimentos têm a capacidade de dar mais pique para a realização de atividades, promover queima maior de calorias e reduzir o apetite, pois exigem um maior trabalho no processo digestivo, utilizando gorduras do corpo como fonte de energia.

Porém não há milagre, os alimentos termogênicos como gengibre, vinagre de maçã, pimenta vermelha, acelga, couve, brócolis, laranja, kiwi, café, canela, guaraná, chá verde, linhaça, salmão, sardinha, mostarda, aspargos, azeite e até chocolate, desde que seja amargo; só funcionam se estiverem incluídos na dieta de maneira equilibrada e se a pessoa não for sedentária.

Outra dica de Isabella Peixoto é: “Coma pelo menos seis vezes por dia, pois quando uma pessoa se alimenta em intervalos curtos, o organismo acelera o metabolismo e libera mais calorias, pois sabe que a energia será reposta.”.

Independente da sua escolha de usar suplementos termogênicos ou recorrer às fontes destas substâncias na alimentação, contar com o apoio de profissionais da saúde é indispensável para que seu bem estar físico se mantenha e se expresse em beleza.

Comentários
Dicas relacionadas