Como usar o coque bailarina

Aposte na tendência de coques estilo bailarina que é febre entre as celebridades e aprenda a fazê-los e usá-los

Por Selena Escher
Atualizado em 04/07/2012 10:52
como usar o coque bailarina Como usar o coque bailarina

Foto: Reprodução / Blog A Spot of Whimsy

Após a tendência das tranças, do coque trança e das tranças laterais, entra em voga o coque alto estilo bailarina, conhecido como top knot. Fácil de reproduzir, o penteado tem feito a cabeça de estrelas hollywoodianas e fashionistas, além de ter passado a dominar das ruas aos tapetes vermelhos, repaginando e reavivando os tradicionais coques.

Porém, grandes estilistas apostaram no penteado em contraste a longos vestidos e looks minimalistas. Isto porque, assim como para as bailarinas, coques altos deixam os ombros descobertos e causam a impressão de um colo mais alongado e postura elegante, além de um visual mais sofisticado. Contudo, coques estilo bailarina podem ser usados baixos, próximos ao pescoço, ou altos, no topo da cabeça, centralizados ou pendendo para uma das laterais.

Além do mais, sofisticados, os coques são ideais para os bad hair days, ou “dias de cabelo ruim”, pois são práticos e fáceis para serem penteados e construídos. Seu estilo volumoso, contudo, baseia-se em um rabo de cavalo a ser desfiado e posteriormente enrolado e preso com o auxílio dos grampos. Veja o passo-a-passo de como usar o coque bailarina:

Como fazer o coque bailarina

1 - Tenha em mãos escova de cabelos e um pente fino; elástico da cor dos fios; fixador capilar e grampos. Logo, use um modelador para que os fios adquiram um aspecto mais oleoso, pois cabelos recém-lavados não seguram bem o penteado. Conhecendo a textura de seus cabelos, opte por tê-los levemente umedecidos e molde o penteado fazendo uso de mousse ou gel, caso necessário.

2 - Posteriormente faça um rabo de cavalo no alto da cabeça e prenda com um elástico. Para um visual sofisticado prenda a raiz toda, bem apertada, sem deixar nenhum fio solto. Por outro lado, para um coque mais descontraído, segure o rabo de cavalo no lugar antes de prender com o elástico e passe os dedos pela raiz do cabelo, liberando alguns fios.

3 - Para facilitar o processo vá puxando os cabelos da nuca para cima, até alcançar a altura desejada. Em sequencia, penteie os fios com o pente fino para trás. Prenda-o com o elástico reservado. Para formar o coque penteie os fios na direção contrária, caso os cabelos sejam finos, criando assim volume. Logo, torça o cabelo em volta da base e prenda-o com o auxílio de grampos. Use spray para maior fixação.

Confira neste link, outra técnica de como fazer o coque bailarina segundo a blogueira Julia Petit.

Os tradicionais coques estilo bailarina, entretanto, não pedem complementos. Porém, as conhecidas redes são normalmente aderidas por bailarinas. Logo, grampos e presilhas estilizadas podem ser usados na base do penteado, seja na parte da frente ou na parte de trás. Assim como sugere-se também adornar o centro do coque ou contornar o top knot.

Mais sobre:

Comente