Como passar o creme contra celulite?

Fazer massagens com movimentos específicos é essencial para auxiliar no tratamento

Por Ana Carolina Gabriel
Atualizado em 12/11/2013 14:02
como passar o creme contra celulite Como passar o creme contra celulite?

Foto: Thinkstock

Caracterizadas pelo surgimento de nódulos na região dos glúteos, coxa, seios, pernas e na parte de trás das costas, as celulites podem se intensificar ainda mais após a gravidez, sedentarismo e a ausência de uma dieta equilibrada.

Mas, se a mulher procurar ter o acompanhamento de um dermatologista, passar cremes preventivos ou redutores corretamente, além de aliar uma alimentação balanceada e exercícios físicos, elas podem sim ser tratadas e minimizadas.

Segundo a fisioterapeuta dermato-funcional, Paula de França, as celulites são classificadas em quatro níveis. São eles: grau I, quando a celulite é interna, não é vista ou sentida, apenas pode-se visualizar quando a pele for apertada com força; grau II, a pele já tem aspecto acolchoado e quando pressionada, fica amarelada devido ao acúmulo de toxinas; grau III, há gomos visíveis e os nódulos são facilmente sentidos ao toque; grau IV, a celulite já fica evidente mesmo sob as roupas.

Para Paula, a expectativa de melhora dos nódulos pode reduzir de acordo com os níveis. Por isso, quanto mais rápido elas forem tratadas, maiores e melhores serão as chances de se ver livre delas. Uma opção de tratamento que se pode fazer em casa, é a aplicação de cremes redutores e preventivos nas áreas atingidas. Mas, é preciso saber como aplicá-lo, pois os movimentos certos garantirá maior resultado.

A fisioterapeuta diz que para potencializar a ação do produto, o melhor é aplicar o creme anticelulite fazendo massagens. Para ativar a circulação sanguínea no local, Paula sugere “fazer beliscões por toda a extensão da coxa e glúteos”.

Por isso, ela recomenda “passar o creme fazendo um deslizamento de baixo para cima, ou seja, do joelho na direção da coxa e glúteo, na frente e atrás. Faça também o deslizamento com pressão por toda a extensão da coxa e nos glúteos. Depois, feche a mão e realize movimentos circulares por toda coxa, dando maior ênfase na região dos culotes e do glúteo”.

É importante também, usar pelo menos duas vezes por semana, o esfoliante nas coxas e bumbum, pois é ele quem remove as células mortas, facilitando ainda mais a absorção do produto na pele.

Alimentos que ajudam na prevenção das celulites

Antes de aderir a uma dieta específica, Paula recomenda que a pessoa vá até uma nutricionista para que ela indique o melhor cardápio a seguir. Mas, a fisioterapeuta indica alguns alimentos que podem auxiliar no tratamento e na prevenção das indesejadas celulites.

Arroz integral: Contém fibras, vitaminas do complexo B e minerais (magnésio e cromo), favorecendo a digestão do açúcar e o funcionamento do intestino, ajudando na eliminação das toxinas do organismo.

Aveia: Rica em silício, reorganiza as fibras de sustentação da pele e previne a formação dos furinhos. Que tal consumir durante o café da manhã?

Chá de hibisco: A ação diurética do hibisco transformou a planta numa grande aliada das mulheres na luta contra a celulite.

Azeite de oliva extra virgem: Tem ação anti- inflamatória, ou seja, combate os edemas acarretados pela celulite. Associado ao azeite de linhaça, se torna mais potente. O chá de oliva também é um aliado.

Castanha-do-pará: Carrega selênio, um importante antioxidante contra o envelhecimento das células.

Folhas verde-escuras: São fonte de clorofila, melhoram a circulação e desintoxicam o organismo.