Como os hobbies podem ajudar no processo de emagrecimento

Pequenas mudanças são significativas na busca pela perda de peso

Atualizado em 23/08/2012 8:59
como os hobbies podem ajudar no processo de emagrecimento Como os hobbies podem ajudar no processo de emagrecimento

Foto: Thinkstock

Para as pessoas que querem perder peso qualquer novidade que aparece é sinônimo de solução, tamanha é a busca por um peso magro que as façam se sentir bem.

Não faltam opções que vão desde comidas light, medicações, chás e dietas da moda, mas muitas vezes a solução para resolver essa situação é simples, e com certeza a grande maioria das pessoas não tem essa percepção.

Vamos fazer uma conta simples:

  • Comer + atividade física = perde peso
  • Comer + ociosidade = ganha peso

Claro que todos nós sabemos que um dos fatores que mais tem contribuído para a obesidade no mundo é por conta da grande oferta de alimentos, principalmente os fast food, pelo excesso consumido sem atividade física.

Porém esse conhecimento não é o suficiente para que muitas pessoas saiam do conforto de seus sofás em busca de mudar essa equação, muito pelo contrário, a aversão a atividade física ou mesmo a preguiça os impede de ir me busca dessas mudanças.

Um fator muito interessante que observo muito nas pessoas que procuram uma solução para o peso é o quanto a comida tem a função de preencher um vazio de insatisfação, seja ele financeiro, afetivo, familiar, profissional ou espiritual.

Quando possibilitamos que essa avaliação e reflexão sejam realizadas é que se dão conta de que a comida serve como fonte de prazer, e é claro fácil de se obter, porém se esquecem de que esse prazer é somente momentâneo, porém suas dificuldades irão permanecer, assim como o excesso de calorias ingeridas.

Se pararmos para realizar um levantamento dos fatores desencadeantes do nosso comer em excesso com certeza encontraremos uma série que disparadores emocionais que fazem com que engulamos a comida sem nenhum critério, e desta forma o que está mais a mão e é mais calórico acaba por entrar garganta abaixo.

Algumas mudanças simples podem alterar esse quadro, pois muitas vezes o que falta são momentos de lazer como forma de obter prazer em outras atividades.

Há quanto tempo você não sai de casa e não experimenta mudar a rotina do fim de semana? Ou mesmo se dá a desculpa de sempre estar cansada, ter a casa para arrumar, mas será mesmo que não dá para arrumar um tempinho para se dar de presente?

A falta de atividades como viagens, sair para dançar, estar com amigos pode fazer toda diferença nesse processo em busca do corpo magro. Outra situação é que se foca muito nas atividades físicas mais comuns e não se pensa na possibilidade de fazer outras diferentes, como aulas de esgrima, andar de patins, dança, tênis, jogar vôlei, basquete, enfim são muitas as atividades que não se resumem somente a academia.

Mas também existe o outro lado quando temos uma agenda cheia de compromissos durante a semana e/ou nos fins de semana e aí lhe pergunto: Qual é o tempo que dedica a você e a sua família?

Muitos utilizam todos os espaços possíveis para estar com amigos ou em outras situações e a comida como sempre está presente mostrando o quanto tem uma importância em nosso contexto cultural – comida e amigos, comida e reunião, comida e negócios, comida e comemoração – mostrando que fica difícil fazer qualquer reeducação alimentar com ela tão presente em nossas vidas. Aí também é importante parar e refletir se realmente é necessário ter essa agenda atribulada e que tempo sobra para outros cuidados que fazem parte de sua vida.

De qualquer forma, permitir-se ser feliz, descansar, curtir bons momentos fazem parte do emagrecimento, desde que sua escolha de vida seja com atitudes parcimoniosas, que lhe darão equilíbrio sobrando para a comida somente o lugar de lhe alimentar, não a alma, mas o corpo.