Novidade! Baixe nosso app em seu smartphone Android iPhone

Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

Como melhorar a libido

Saiba quais são os principais motivos para a falta de desejo sexual nas mulheres e como solucionar o problema

em 19/09/2014

A falta de desejo sexual é um problema que sempre existiu, mas cada vez mais mulheres sofrem com ele e ficam angustiadas por não conseguirem satisfazer o parceiro. Além de afetar a autoestima, a perda do desejo pode ocasionar um desgaste no relacionamento.

Na maioria das vezes, as causas da perda da libido são mais simples do que se imagina, assim como as soluções para recuperar o apetite pelo sexo. Enquanto para os homens o desejo sexual está relacionado a fatores físicos, por isso é mais fácil de ser restaurado, para as mulheres a questão é um pouco mais complicada.

A falta de libido nas mulheres pode ocorrer por problemas físicos, mas as dificuldades emocionais também influenciam. Em grande parte dos casos, a origem do desinteresse delas é psicológica.

A insatisfação com a vida pessoal ou com o próprio corpo, o estresse por causa do trabalho, contas a pagar, preocupação com os filhos e até mesmo insegurança quanto ao desempenho na hora H podem afetar o desejo sexual feminino.

Além dos fatores emocionais, as alterações do hormônio testosterona (responsável pelo apetite sexual) e do estrogênio (hormônio feminino), comuns durante o ciclo menstrual e após a ovulação, deixam algumas mulheres mais sensíveis e menos interessadas por sexo.

Também há relação entre a menopausa e perda da libido. O fato de não estar mais ovulando, ou não estar ovulando regularmente pode ter este efeito no comportamento da mulher. Nessa fase, o corpo da mulher para de fabricar o estrogênio, hormônio que trabalha no cérebro para manter a libido e também ajuda a aumentar as sensações, tornando o sexo mais prazeroso.

Outro fator desestimulante para o sexo na menopausa é que com a falta de estrogênio o tecido vaginal pode começar a secar e encolher, tornando a penetração desconfortável ou até mesmo dolorosa.

A gravidez também pode ser uma dos motivos da perda de libido. As transformações no corpo deixam muitas gestantes inseguras, elas acham que não são mais atraentes para o parceiro e acabam deixando o sexo de lado. Outra dúvida que afeta a vida sexual das grávidas é a dúvida se o ato pode machucar o bebê. Na verdade isso não passa de um mito e não há problemas em manter as relações sexuais durante a gravidez.

Recupere a libido já!

Para melhorar a libido, o primeiro passo é conversar com seu ginecologista. Ele irá checar se o problema está associado somente a preocupações externas ou se existe um fator de saúde envolvido.

Com o diagnóstico do médico, é possível começar um tratamento para recuperar a libido. Em alguns casos, somente o uso de medicamentos ou a reposição hormonal podem ajudar.

Outra forma de resolver o problema é tentar estabelecer um diálogo aberto com seu companheiro. Seja sincera e explique o que está acontecendo. Aquela regrinha muito útil no ambiente de trabalho, de deixar os problemas da porta para fora, também pode ser válida na cama: deixe o estresse de lado, esqueça as preocupações por algumas horas.

Invista em você. O importante é se sentir sexy e bonita, mesmo se estiver com uns quilinhos a mais ou não puder esconder os defeitinhos que tanto incomodam. Coloque em prática estratégias para esquentar os momentos a dois e permita-se desfrutar dos momentos de intimidade com o seu parceiro.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas