Como lidar com parentes chatos

Guia de sobrevivência para dias em que a família toda se reúne

Por Andressa Dias

como lidar com parentes chatos Como lidar com parentes chatos

Quem não tem um parente chato? Uma tia solteirona que vive perguntando quando você vai se casar ou ainda um tio que insiste para que você seja sócia do negócio dele? Parente assim quase todo mundo tem e nem sempre é fácil lidar com eles. Para evitar dores de cabeça sem deixar a cordialidade de lado, siga as nossas dicas e fuja das chatices familiares.

1 – Evite assuntos polêmicos

Uma das maneiras de evitar discussões é deixar de lado assuntos que possam gerar algum conflito de opiniões como religião e futebol. Prefira assuntos mais leves e que tenham a possibilidade de agradar a maioria sem dividi-los em grupos com opiniões muito divergentes.

Ainda nesse aspecto, quando alguém puxar um assunto que possa acabar em uma discussão muito ferrenha, livre-se do tema sugerindo algum outro assunto mais fácil de lidar.

Um tema que parentes geralmente gostam de dividir sem maiores problemas é a infância; falar dessa época da vida geralmente deixa as pessoas mais saudosas e alegres, fazendo com que elas discutam de forma construtiva e amigável.

2 – Se eles te enchem de perguntas…

Apesar de perguntas como “Quando é que você vai se casar?” ou “Quando vai ter um filho?” serem muito irritantes, em geral, a intenção destas perguntas é mostrar interesse e ânimo pelos acontecimentos na sua vida. Entretanto, se isso te incomoda, tente falar de uma maneira sutil e sem ironia que a pessoa será a primeira a saber quando isso acontecer porque você sabe o quanto essa novidade seria importante para ele ou ela.

3 – Siga os costumes

Para evitar aborrecimentos, quando estiver recebendo visitas ou durante uma visita a casa de um parente, faça como todos e siga os costumes da família. Lembre-se que quanto mais você se rebelar nesta hora, mais atenção vai chamar e mais vão querer te convencer a mudar de atitude. Portanto, “quando em Roma, faça como os romanos”.

4 – Elogie quem menos espera um elogio

Sabe aquela tia chata que sempre pega no pé, implica com o seu cabelo, fala mal do seu namorado e ainda insiste que você precisa mudar de emprego? Pois é essa mesmo que você tem que elogiar desde o primeiro momento que vocês se encontrarem. Não há arma melhor contra a atitude ranzinza de parentes assim. Um elogio desarma a pessoa e consequentemente ela não vai te atacar com seus julgamentos precipitados e conselhos que você não pediu.

5 – Se eles insistem em te aconselhar

Conselhos geralmente são bem vindos, mas nem todos, não é? Muitas vezes parentes dão conselhos com o intuito de ajudar, entretanto não sabem de todos os detalhes da situação que fazem uma grande diferença. Porém, rejeitar um conselho logo de cara pode parecer rebeldia de adolescente e pode te trazer dor de cabeça, pois vão tentar te convencer de que estão certos. Sendo assim, ao escutar um conselho diga: “Essa é uma boa ideia”. Desta forma você apenas reconhece que a sugestão foi boa, mas não se compromete a segui-la.

Enfim, família é assim. Tem gente chata e gente legal, mas são todos parte da mesma família. Por isso é importante ter paciência, especialmente com os mais velhos e tratar todos com respeito. Desta forma você evita que eles também te desrespeitem.