Dicas de Mulher Dicas de Beleza

As melhores técnicas para lavar os cabelos

A higienização dos fios é de suma importância para que o cabelo se mantenha bonito e saudável. Confira dicas e técnicas para lavar e ao mesmo tempo cuidar dos fios

em 30/01/2016

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A higienização do cabelo é uma etapa muito importante para a beleza e saúde dos fios. Ainda que lavar os cabelos seja uma tarefa simples do cotidiano, muitas vezes alguns hábitos nesse momento podem ser prejudiciais sem que você perceba.

A temperatura da água, quantidade de xampu e condicionador, ou ainda a maneira como é retirado o excesso de água após a higienização, podem influenciar positiva ou negativamente a aparência e saúde do seu cabelo.

A frequência com que você lava o seu cabelo também pode influenciar na qualidade do mesmo. As diferentes texturas de fio influenciam diretamente na quantidade de vezes com que o cabelo deve ser lavado. Cabelos enrolados e crespos, por exemplo, não precisam ser lavados com tanta frequência: “o ideal é no máximo 2 vezes por semana, pois são cabelos frágeis e tem pouca oleosidade , porque o sebo produzido no couro cabeludo tem dificuldade para chegar até as pontas dos cabelos”, comenta Dra. Joana Tebar Figueira, Dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Como lavar bem os cabelos passo a passo

Não existe uma maneira certa ou errada de lavar os cabelos, no entanto, algumas dicas podem ser anotadas e postas em prática. É importante conhecer seu cabelo, testar diversos produtos e perceber o que cumpre melhor a finalidade de higienizar os fios e ao mesmo tempo mantê-los saudáveis. Abaixo listamos um passo a passo completo com a ajuda da Dra. Joana e da cabeleireira e fundadora da marca Leads Care, Carol Lima. Confira:

  1. Utilize água em temperatura o mais baixa possível para molhar os fios;
  2. Aplique uma pequena quantidade de xampu nas mãos;
  3. Aplique no couro cabeludo já úmido, massageando com a ponta dos dedos, nunca com as unhas;
  4. Enxague bem sem deixar resíduos;
  5. Repita o processo se desejar uma limpeza mais profunda;
  6. Aplique condicionador somente no comprimento, nunca na raiz;
  7. Faça movimentos de cima para baixo, espalhando o produto;
  8. Deixe agir pelo tempo indicado pelo fabricante do produto;
  9. Enxague bem sem deixar nenhum resíduo.

É importante não deixar resíduos de xampu ou condicionador no cabelo, porque isso pode deixá-lo com aspecto pesado, grosso.

8 dicas preciosas que você pode seguir

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Hábitos, mitos e técnicas giram em torno do assunto higienizar os cabelos. Existem também muitas dúvidas acerca do tema. Confira abaixo algumas dicas e esclarecimentos sobre a higienização dos cabelos, com opiniões da cabeleireira Carol Lima:

1. Lavar os cabelos todos os dias pode não ser uma boa ideia

Se o seu cabelo é oleoso, lavá-lo todo dia pode parecer uma solução para o problema, mas na verdade pode ocasionar outros problemas: “pode causar dermatite seborreica  e coceira no couro cabeludo, pois diminui a quantidade de sebo do mesmo”, orienta a Dra. Joana. Lavar os cabelos todos os dias também pode não permitir que a raiz seque completamente. A melhor solução nesse caso é procurar um/a dermatologista que irá orientar qual a melhor maneira de resolver o seu problema.

2. Cuidado com a quantidade de produto

Não é necessária uma grande quantidade de xampu para limpar bem os cabelos, “o segredo não está nisso e sim a qualidade com que se dedica em higieniza-los”, comenta a cabeleireira Carol Lima. “O produto não precisa fazer tanta espuma para significar que se fez a higienização do cabelo, ou seja, não há necessidade de aplicar grande quantidade”, completa a cabeleireira.

3. Nunca friccione os fios com a toalha

A melhor maneira de secar os fios é fazendo movimentos suaves com a toalha, mas nunca friccionando. “Friccionar os fios com a toalha pode quebrá-los. Não podemos esquecer que o fio é uma estrutura sensível e é necessário cuidado ao secar”, recomenda Carol Lima.

4. Não torça os cabelos para retirar o excesso de água

Torcer o cabelo para retirar o excesso de água é um hábito comum principalmente para quem tem cabelos longos, mas realizar esse processo repentinas vezes pode ocasionar quebras. Carol Lima aponta substituir o hábito por outra ação: “para tirar a umidade dos fios, sem danificá-los, basta apertar a toalha contra os fios com cuidado, isso já basta”.

5. Não prenda os cabelos molhados ou passe muito tempo com a toalha na cabeça

Outro hábito muito comum é ficar com a toalha enrolada na cabeça. A situação é muito prejudicial, principalmente para quem tem um cabelo bastante volumoso, já que prolonga o tempo de umidade do cabelo. E o mesmo vale para prender o cabelo molhado. “Esses hábitos resultam em alguns problemas capilares, já que o ambiente úmido é propício para a proliferação de fungos e bactérias”, explica Carol Lima.

No caso de prender o cabelo, é possível prender os fios ainda úmidos sem causar danos, desde que não estejam tão molhados: “o ideal é sempre prender quando os fios já estiverem previamente secos”, recomenda Carol Lima.

6. Nunca deixe resíduos de condicionador nos fios

O condicionador é um produto feito para alinhar a estrutura dos fios e selar a cutícula que fica aberta após o uso do xampu, mas apenas por um curto período. “Não retirá-lo do cabelo depois do banho pode deixar os fios pesados por excesso de produto. O problema maior está nas irritações que ele pode causar no couro cabeludo dependendo do produto utilizado”, explica Carol Lima.

O condicionador também não deve ser aplicado no couro cabeludo, já que os componentes do produto podem causar diversos danos, principalmente se ficarem resíduos no local após a lavagem: ”pode causar coceiras e a falsa caspa, que nada mais é que o ressecamento do couro cabeludo onde ocorre descamação”, comenta a cabeleireira.

7. Cuidado ao pentear o cabelo durante o banho

Os fios molhados tendem a ficar elásticos e extremamente vulneráveis a quebras. Dependendo do pente ou escova utilizada e a forma de pentear, as chances de quebra dos fios são maiores. O ideal é pentear os cabelos já secos ou pouco úmidos. Mas para quem gosta de pentear durante o banho, Carol Lima indica: “o ideal é pentear os cabelos no banho, com condicionador ou tratamento, delicadamente usando as pontas dos dedos”.

O tipo de pente ou escova utilizado também pode evitar possíveis danos: “outra dica é usar pentes de madeira, com dentes largos ou escova de cerdas naturais, pois ambos fazem menos fricção”, explica a cabeleireira. Esses pentes e escovas também são ideais para quem busca um resultado com menos frizz.

8. Pentear os cabelos antes de lavá-los não retira sujeiras

Muitos profissionais recomendam essa técnica e garantem que pentear os fios antes de higienizá-los funciona retirando sujeiras acumuladas. É fato que a técnica é ideal para quem tem os fios muito embaraçados, já que desembaraçá-los durante o banho pode causar quebra. Porém, a técnica não retira impurezas: “a higienização correta é feita com água e xampu, penteá-los secos antes da lavagem para que as impurezas saiam é apenas um mito”, garante Carol Lima.

Low poo e no poo: conheça as técnicas

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

As técnicas Low poo (pouco xampu) e no poo (nenhum xampu), foram conceituadas pela cabeleireira Lorraine Massey, em seu livro Curly Girl, lançado em 2011. As duas técnicas defendem o uso de pouco ou nenhum xampu e são destinadas principalmente a quem tem cabelos enrolados ou crespos, já que esses fios tendem a ser mais secos devido a dificuldades do sebo natural chegar às pontas do cabelo. Cabelos secos tendem a sofrer com o uso de xampus comuns, que além de limpar, retiram em excesso a oleosidade natural dos fios.

No low poo o xampu utilizado deve conter apenas substâncias de limpeza leve, já no no poo, a limpeza dos fios é feita com condicionador, em um processo chamado co-wash, porém, não qualquer condicionador. Para o co-wash podem ser utilizados apenas condicionadores que não contenham derivados do petróleo e silicones insolúveis em água, caso contrário, o produto tende a se acumular no couro cabeludo e causar danos.

Pode parecer um pouco complicado aderir a essas técnicas no início, já que é necessário ler rótulos para encontrar produtos liberados, mas a boa notícia é que muitas marcas estão investindo em novos produtos para o público low poo e no poo. Muitas blogueiras também facilitam a vida das adeptas da técnica, como é o caso da Bruna Caixeiro, que listou aqui os componentes proibidos para quem faz low poo e no poo.

Como fazer

O processo para lavar os cabelos com a técnica low poo em nada difere na forma comum de lavar os cabelos, apenas os produtos utilizados é que variam. Já no no poo, é um pouco diferente. Para ficar mais simples visualizar como as técnicas são feitas, separamos alguns vídeos sobre as técnicas para você fazer em casa, confira:

Como fazer low poo por Mariana Villanova

Neste vídeo Mariana Villanova explica o que é low poo, comenta sobre quais produtos podem ser utilizados, explica o motivo das substâncias proibidas serem ruins e também descrever quais os benefícios da técnica.

Tudo sobre low poo e no poo por Mari Morena

Mari Morena fala neste vídeo o que são low poo e no poo, dá dicas e explica detalhadamente como fazer cada técnica. Ela também dá várias dicas para facilitar a compra de produtos liberados para as técnicas.

Como fazer co-wash por Mari Morena

Co-wash é a técnica do no poo utilizada para limpar os cabelos. Neste vídeo, Mari Morena explica passo a passo como realizar a técnica e qual condicionador utilizar.

Cronograma capilar: como fazer

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

O cronograma capilar trata-se de 3 etapas de cuidados com os fios: hidratação, nutrição e reconstrução. Os benefícios são diversos e até mesmo quem não usa químicas nos fios pode fazê-lo. “Após a realização do cronograma, o resultado normalmente é um cabelo mais saudável, brilhante e com vida”, comenta Carol Lima. A necessidade de cada cabelo pode ser diferente, mas de modo geral, a etapa hidratação deve ser feita com maior frequência.

Quanto ao tempo, cada ciclo do cronograma dura aproximadamente 1 mês: “o ideal é que o cronograma seja feito em 4 semanas, com um revezamento nas máscaras capilares com finalidades diferentes”, explica a cabeleireira. Para que você compreenda melhor o que é e como fazer o cronograma capilar, assista o vídeo abaixo:

Cronograma capilar por Júlia Doorman

O vídeo explica o que é o cronograma capilar, quando fazer qual etapa e quais tipos de produtos usar em cada uma. Júlia também comentar os benefícios de cada etapa para o seu cabelo.

Foto: Dicas de Mulher

Foto: Dicas de Mulher

Você pode seguir essa sugestão de cronograma ou adaptá-lo às suas necessidades.

4 vídeos com técnicas e dicas das blogueiras para lavar bem os cabelos

Existem diversas formas de lavar os cabelos e o que funciona para um determinado tipo de cabelo, pode não funcionar para outro. Confira abaixo 4 maneiras diferentes de lavar os cabelos e dicas incríveis das blogueiras:

1. Como lavar o cabelo corretamente por Mariana Saad

Neste vídeo, Mariana Saad indica utilizar pouquíssima quantidade de xampu, diluído em água em um recipiente. Ela também lava o cabelo com xampu duas vezes. O segredo para a limpeza dos fios está nos movimentos e não na quantidade de produto.

2. Umectação capilar e como lavar o cabelo por Rayza Nicácio

Rayza ensina passo a passo como faz sua umectação capilar, técnica que pode ser utilizada na etapa nutrição do cronograma capilar e que é feita antes de higienizar os fios. Ela também demonstra quais movimentos utiliza na raiz ao aplicar o xampu.

3. Como lavar o cabelo por Lia Camargo

Neste vídeo, a blogueira Lia Camargo demonstra como gosta de lavar seu cabelo. O passo a passo demonstrado é ideal para cabelos lisos ou ondulados e principalmente para quem tem problema de oleosidade. O segredo é utilizar mais xampu do que condicionador.

4. Como lavar o cabelo por Lu Ferreira

O diferencial desta maneira de lavar os fios fica por conta da hidratação feita antes de lavar os fios. A máscara de hidratação é aplicada nas pontas do fios 30 minutos antes de higienizá-los.

Sabemos que não existe uma maneira universal de higienizar os fios. É importante que você teste diferentes maneiras, técnicas e produtos para assim saber o que funciona melhor. Conhecer o seu cabelo também é primordial para saber as necessidades dele. No caso de problemas na raiz, é importante que um/a dermatologista seja consultado/a para que assim possa ser recomendado o que é melhor para o seu caso.

Comentários
Dicas relacionadas