Como escolher o buffet de casamento

O buffet é um dos serviços mais importantes da festa, veja algumas dicas importantes para não errar na hora de contratar

Por Deborah Busko
Atualizado em 22/06/2012 9:25

buffet de casamento Como escolher o buffet de casamento

Na hora de escolher o buffet para o casamento, os noivos não devem considerar apenas preço. O segredo é pesquisar bastante e procurar por um serviço que combine qualidade, sofisticação e esteja de acordo com o estilo da festa.

O ideal é contratar o buffet de casamento com bastante antecedência. Pelo menos seis meses antes da cerimonia são suficientes para assegurar a disponibilidade da data e ter tempo para organizar todos os detalhes.

Para contratar o serviço, os noivos precisam saber exatamente o que ele oferece, tendo em vista a estrutura, os serviços dos profissionais e o cardápio. O primeiro detalhe fundamental é definir o tipo de buffet. Os mais usados em casamentos são coquetel, self service e jantar formal.

O coquetel é a opção mais simples, prática e pode ser também a mais barata. Geralmente são servidos canapés e salgadinhos pequenos que os convidados podem degustar em pé mesmo, isso dispensa mesas e talheres. Apesar da simplicidade na maneira de servir, o charme do coquetel fica por conta da criatividade da apresentação dos os canapés e salgadinhos, seja na preparação ou nos recipientes.

O self-service funciona como nos restaurantes desse tipo: os convidados se dirigem a uma mesa onde ficam todos os pratos do menu e podem se servir sozinhos. Uma das vantagens do buffet self-service é o fato de os convidados escolherem o que querem e o quanto querem comer. Além de reduzir o número de garçons a serem contratados para a recepção, o que diminui os gastos.

O jantar formal geralmente é composto por entrada, prato principal e sobremesa. Para usar esse tipo de buffet na recepção do casamento é necessário que todos os convidados tenham seu lugar garantido em uma mesa, o que exige um número maior de garçons para servir a todos.

Em alguns casamentos os noivos optam por dois tipos de buffet e servem um coquetel para recepcionar os convidados e um jantar mais tarde. É uma boa opção que com certeza vai agradar os convidados, mas os noivos devem sempre levar em conta a verba disponível para isso.

Outro fator que pode influenciar na contratação do buffet de casamento é o horário do evento. Se for na parte da manhã, os noivos podem oferecer um grande café da manhã ou um almoço aos convidados.

Escolhido o tipo de buffet, o casal pode começar a fazer cotações nas empresas que oferecem o serviço. Algumas oferecem menus pré-definidos, mas os noivos não precisam se prender a eles e podem solicitar um orçamento de acordo com suas próprias opções. O casal também pode participar de uma degustação no buffet para decidir quais itens do menu agradam mais.

Pedir referências a amigos e profissionais da área pode ajudar, mas o ideal é que os noivos não deixem de conferir tudo pessoalmente.

Tudo definido, é hora de fechar o contrato com o buffet escolhido. Não faça acordos verbais, peça um contrato por escrito e verifique se todos os detalhes sobre o cardápio, bebidas, equipamentos, formas de pagamento e cobrança em caso de quebras ou danos de utensílios e materiais do buffet estão especificados corretamente.