Dicas de Mulher Dicas para Mães

Como ensinar os filhos darem valor ao dinheiro

Dicas para acertar na educação financeira das crianças e ensiná-las a lidar melhor com o assunto

em 16/09/2014

Administrar o orçamento pessoal é um verdadeiro desafio até para gente grande, mas ensinar as crianças a desenvolverem uma relação saudável com o assunto não é uma missão impossível. Os pequenos precisam aprender desde cedo a darem valor ao dinheiro e como gastá-lo da melhor maneira possível, e o exemplo deve começar em casa.

Os pais são os modelos dos filhos, então é importante que eles demonstrem através da realidade financeira da família exemplos práticos de como lidar com o dinheiro de maneira responsável.

A educação financeira das crianças é muito importante, mas os pais devem estar cientes de que ela não se resume a ensinar a poupar. É preciso passar noções de organização, de planejamento e de como evitar desperdícios e como gastar de maneira consciente. Ou seja, atitudes que ajudam a fazer o dinheiro render mais, ainda que não seja em grandes quantias.

Os maiores erros cometidos pelos pais quando o assunto é a educação financeira dos filhos ocorrem na tentativa de proteger as crianças. O principal deles é achar que dinheiro não é assunto para criança e que por isso, elas não devem participar das conversas sobre investimentos ou dívidas. É interessante que a família se mantenha unida nos momentos bons e ruins, a cumplicidade pode fazer a diferença.

Incentive as crianças a mexerem com dinheiro, até mesmo as mais novinhas e que ainda não aprenderam a fazer contas. Uma boa ideia para os pais é dar um cofrinho, contribuir com moedas e deixar que as crianças manipulem o dinheiro na hora de pagar a compra no mercado ou na padaria.

Convoque a participação das crianças nos projetos familiares, peça a ajuda deles nas economias para a viagem de férias, por exemplo. Divirta-se com seus filhos planejando compras. Pode ser um brinquedo, um videogame novo. O importante é que eles aprendam a sentir o prazer da conquista depois de tanto empenho nas economias.

Mais importante do que dar mesada, é ensinar seus filhos a controlá-la. Dê uma caderneta às crianças, onde elas devem anotar todos os gastos e reúnam-se ao final de cada mês para somar os valores e verificar como o dinheiro está sendo usado. É a hora ideal para ensinar que é preciso ter limites diante do consumo.

O diálogo é sempre a melhor estratégia, portanto, não adianta falar de dinheiro em tom de sermão se a criança gastou mais do que devia. Ensinar os filhos a darem valor ao dinheiro é um trabalho contínuo, que se faz com as situações do dia a dia. E criança que aprende a mexer com dinheiro, tende a se tornar um adulto mais responsável.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas