Como economizar na farmácia

Optar por medicamentos genéricos é uma das alternativas recomendadas para poupar dinheiro com os gastos na farmácia

Atualizado em 03/04/2013 14:03

como economizar na farmacia1 Como economizar na farmácia

Cada vez mais, as pessoas procuram alternativas para reduzir os gastos no fim do mês; no entanto, quando o assunto é saúde, não dá para brincar.

Muitas pessoas utilizam medicamentos de uso contínuo, ou seja, aqueles que normalmente são indicados para o tratamento de doenças crônicas e/ou degenerativas e existem também os imprevistos, como gripes e resfriados por exemplo, e o uso de medicamentos pode se fazer necessário.

Dessa forma, uma alternativa para se economizar com os gastos na farmácia, é a procura por medicamentos genéricos, onde, salvo exceções, são medicamentos mais baratos quando comparados com seus medicamentos de referência. Assim, seu farmacêutico pode lhe orientar na troca correta desses medicamentos.

Algumas farmácias possuem um cartão chamado de “cartão fidelidade”, onde eles disponibilizam esse cartão para o paciente como uma alternativa de mantê-lo como cliente, e na apresentação do mesmo nas próximas compras, recebe descontos diferenciados, sendo também uma forma de economizar, principalmente para pessoas que utilizam medicamentos continuamente.

Em relação à medicamentos de uso contínuo, alguns laboratórios oferecem um desconto para o paciente. Para isso, o próprio paciente deve se informar com seu médico e com o laboratório que produz o seu medicamento, se este faz parte do programa de descontos.

Alguns exemplos são: o Programa “Vale Mais Saúde” da Novartis, o Programa “Faz Bem” da AstraZeneca, o Programa “Saúde Extra” do laboratório Bristol-Myers Squibb, o qual é direcionado para pacientes diabéticos, entre outros.

Além disso, pesquisar o preço em várias farmácias também é uma boa opção para economizar, observando promoções e descontos, podendo gerar uma economia superior à 30%.

Existe também um programa do governo chamado de “Programa Farmácia Popular”, que além de atender usuários dos serviços públicos de saúde, atende também pessoas que utilizam os serviços privados de saúde e têm dificuldades de adquirir os medicamentos que necessitam.

Para saber se seu medicamento é vendido na Farmácia Popular, acesse o site do Portal da Saúde, e veja a lista de medicamentos contemplados pelo programa.

Se informe, procure auxilio com seu médico e seu farmacêutico, pois assim você continuará zelando por sua saúde, e mantendo seu orçamento equilibrado ao final do mês.