Botox antes dos 30: sim ou não?

Descubra como você pode perceber o momento certo de iniciar o uso deste recurso estético

Atualizado em 26/06/2012 14:22
botox antes dos 30 Botox antes dos 30: sim ou não?

Foto: Thinkstock

Muito comentado e difundido, o Botox comumente é assunto nas rodas entre amigas. Há defensores e usuários fiéis, mas também os temerosos de resultados exagerados e artificiais. Afinal, quando e como se deve fazer uso desta poderosa arma da estética?

Para esclarecer este ponto, vamos entender com ela age. A toxina botulínica (Botox) é um paralisante muscular e nada mais.

As rugas de expressão, ou rugas dinâmicas, são aquelas que aparecem apenas quando contraímos algum musculo, como por exemplo, as rugas da testa, entre as sobrancelhas e os pés de galinha. Quando estamos com a face relaxada, elas não existem, mas se nos expressamos, surgem tais indesejáveis rugas, deixando-nos com aspecto bravo, cansado e envelhecido.

Com o tempo, de tanto dobrar a pele no mesmo lugar, a contração do musculo acaba por gerar rugas permanentes, que ficam mesmo se não nos expressamos (as rugas estáticas). Pacientes de pele fina ou com musculo facial forte, têm maior propensão para a formação destes vincos precocemente.

Sendo assim, se aplicarmos a toxina botulínica nestes músculos que geram as rugas dinâmicas, evitaremos que eles se contraiam e formem estas rugas, proporcionando um aspecto mais descansado, jovial e leve da face. Também se o uso for iniciado antes dos vincos se tornarem permanentes, conseguiremos evitá-los, poupando a pele da ação muscular.

Então quando devemos iniciar o uso do Botox?

Não existe matemática para isso. O ideal é iniciar o uso quando os vincos da pele derem sinais de ficarem marcados, mesmo quando não nos expressamos. Se aplicado ainda nesta fase, conseguiremos fazer com que a pele se recupere e evitaremos as rugas estáticas.

Em pacientes com pele muito fina, geralmente aqueles de pele clara, isso pode acontecer antes dos 30 anos. Para pacientes de pele espessa ou musculatura facial fina, podem iniciar as marcas de expressão mais próximo dos 40 anos. Para aqueles em que as marcas já se tornaram profundas, a toxina botulínica pode amenizá-las, mas dificilmente as eliminará.

Vale lembrar, a ação da toxina botulínica costuma durar em torno de 6 meses, período em que poderá ser reaplicado. Como toda musculatura não usada tende a atrofiar, o uso repetido do Botox poderá afinar os músculos que geram as rugas, fazendo que a ação deles em longo prazo não seja tão danosa à pele.