Novidade! Baixe nosso app em seu smartphone Android iPhone

Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Alimentos funcionais

Conheça alimentos com componentes ativos poderosos que melhoram o metabolismo e previnem de doenças

em 24/07/2013

Ter uma alimentação balanceada é um dos segredos para prevenir e tratar muitas doenças. Mas se forem incluídos alimentos que possuem componentes ativos poderosos, é possível potencializar esse efeito protetor.

É o caso dos alimentos funcionais, que além das funções nutricionais básicas, exercem funções que colaboram para melhorar o metabolismo e prevenir problemas de saúde. Estes alimentos não agem como remédios curando doenças, mas são capazes de prevenir ou reduzir o risco do aparecimento de algumas delas. Se alguma doença porventura surgir, os alimentos funcionais não irão curá-la, somente agir para fortalecer o organismo.

O efeito terapêutico destes alimentos no organismo inclui ainda alteração na composição de gorduras corporais, regulação da coagulação do sangue, estabilização de funções psicológicas, redução na absorção do colesterol, influência nas atividades digestivas, intestinais, entre outras.

Estudos têm investigado a ação dos alimentos funcionais sobre as doenças cardiovasculares, intestinais, inflamatórias, câncer, hipertensão, diabetes, reumatismo, doença de Alzheimer, entre outras.

Sabendo de todas essas vantagens, fica claro que o consumo de alimentos deste grupo é extremamente aconselhável e faz muito bem para a saúde. Entretanto, para aproveitar os benefícios dos alimentos funcionais, o ideal é que eles sejam ingeridos regularmente e façam parte de uma dieta equilibrada.

Grande parte dos componentes ativos que protegem a saúde estão presentes nos vegetais, frutas e cereais integrais, que devem ser consumidos preferencialmente em sua forma natural. Alguns exemplos de alimentos funcionais são: arroz, soja, trigo, milho, alho, azeite, castanha-do-pará, gergelim, linhaça e mel.

Outra dica para aderir à alimentação funcional é substituir em parte o consumo de carne de vaca, embutidos e de outros produtos à base de carne vermelha por peixes ricos em ômega-3 ou pela soja e seus derivados, que são ricos em isoflavonas, compostos que ajudam na redução do colesterol ruim.

No caso de alimentos funcionais industrializados que unem vantagens de diversos alimentos diferentes, como o leite aditivado de ômega-3 ou iogurtes com funções de controle intestinal, é preciso ficar atenta e procurar saber se o produto teve sua eficácia comprovada por pesquisas sérias.

Selecionamos alguns exemplos de componentes presentes nos alimentos funcionais, o que fazem e onde podem ser encontrados para que você possa escolher quais deles incluir na dieta.

Betacaroteno

Quando ingerimos gorduras e proteínas, o betacaroteno se converte em vitamina A e protege as células do envelhecimento. Também ajuda a diminuir o risco de câncer. O betacaroteno pode ser encontrado na cenoura, mamão, abóbora, manga, damasco, espinafre e couve.

Isoflavonas

Sua estrutura química é semelhante ao hormônio feminino (estrógeno), por isso ajuda a amenizar os sintomas da menopausa e da TPM. A soja e seus derivados são fontes riquíssimas de isoflavonas.

Flavonóides

Suco natural de uva e vinho tinto, café, chá verde, chocolate e própolis são exemplos de alimentos que diminuem o risco de câncer e atuam como anti-inflamatórios. Outra ação dos flavonóides é anular a dioxina, substância altamente tóxica usada em agrotóxicos.

Ômega-3

Diminui o risco de doenças cardiovasculares, reduz os níveis de triglicerídeos e controla o colesterol total do sangue, sem acumulá-lo nos vaso sanguíneos do coração. O ômega-3 está presente em peixes de água fria, como salmão e truta, e óleo de peixes.

Licopeno

Evita e repara os danos dos radicais livres que alteram o DNA das células e causam o câncer. Beterraba, pimentão, tomate e derivados são as principais fontes de licopeno.

Probióticos

São microorganismos vivos que impedem que bactérias e outros microrganismos causadores de doença se proliferem no intestino. Os probióticos são encontrados em iogurtes e leite fermentado.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas