Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Alimentação correta para gastrite

Saiba quais tipos de alimentos são prejudiciais aos pacientes com inflamações estomacais

em 24/02/2012

Queimação no estômago, dores abdominais e rejeição a certos tipos de alimentos são frequentemente relatados pelos pacientes que possuem gastrite. Identificada pela endoscopia digestiva alta, a inflamação acontece na mucosa do estômago e por isso, traz bastante incômodo durante as refeições.

Por isso, é importante procurar uma dieta balanceada e que seja controlada por orientações médicas. Segundo o gastroenterologista Antônnio Mello é recomendado ter uma alimentação correta para gastrite, além de se alimentar pelo menos de três em três horas. “É importante nunca ficar com o estômago vazio, pois o paciente pode se queixar de náuseas”, explica.

Mas antes de aderir aos cardápios controlados, é preciso consultar o médico para que ele verifique a situação em que se encontra a gastrite. “Em alguns casos, prescrevemos alguns medicamentos. Por isso, é importante fazer os exames solicitados pelo profissional para analisar o grau da inflamação”, sugere o gastroenterologista.

Depois de identificada a inflamação, é imprescindível priorizar determinados tipos de alimentos na dieta, e eliminar outros que causam mais queimação no estômago. “É preciso consumir vegetais e leguminosas cruas em todas as refeições, além de tomar bastante água nos intervalos dessas. As frutas também devem ser incluídas”, recomenda Mello.

O que evitar

É bastante comum se alimentar rapidamente durante o almoço. Mas saiba que essa atitude pode intensificar ainda mais os sintomas. “Com a correria do dia a dia, os pacientes dizem que tem menos de 15 minutos para se alimentar. Isso é totalmente recriminado para quem tem gastrite, afinal, o paciente deve mastigar os alimentos calmamente e evitar conversas durante as refeições”, explica Antônnio Mello.

Evitar produtos industrializados também é uma regra. “Os alimentos que são pré fabricados são prejudiciais tanto para pacientes com problemas estomacais quanto os que não tem. Eles levam bastante conservantes, o que é prejudicial à saúde. Por isso, prefira refeições naturais e feitas sem muito temperos”, comenta Mello.

Mas afinal, quais das atitudes rotineiras devem ser totalmente deixadas de lado? Primeiramente, evite os cafés após o almoço. Tanto os cafezinhos quanto o chá mate possuem cafeína- substância que estimula a acidez no estômago. “Quem não dispensa o bom cafezinho, opte pelos produtos descafeinados”, afirma o médico.

A ingestão de alimentos ou líquidos muito quentes também devem de ser consumidos. “Se o paciente beber vitaminados ou até mesmo leite com café muito quente, esses líquidos dilatam os vasos, prejudicando ainda mais a inflamação”, explica Antônnio Mello.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas