Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

7 músicas para esquecer do ex de uma vez

Para sair da depressão do fim do namoro, nada melhor que a trilha sonora certa tocando no volume máximo

em 29/09/2014

Foto: Thinkstock

Terminar um relacionamento é uma situação desagradável, independentemente dos problemas que o casal pudesse enfrentar quando estava junto. Porém, pior que terminar um relacionamento, é terminar um relacionamento e ainda ficar lembrando do ex todas as vezes em que tocam aquelas músicas, que vocês costumavam curtir juntos. Nessas horas bate aquela nostalgia, aquela tristeza por ter acabado ou mesmo aquela raiva pelo tempo “desperdiçado” durante o namoro.

E parece que, quanto mais triste você está com o fim da relação, mais músicas tristes e românticas aparecerão na sua vida, seja no rádio do carro, nos compartilhamentos dos seus amigos nas redes sociais, em forma de música ambiente de elevadores por aí ou até mesmo da praça de alimentação do shopping.

A impressão que dá é que seu ex contratou todos os aparelhos de som do mundo para tocarem apenas as canções que te fazem lembrar-se dele.

Qual a solução? Ligar o som no volume máximo e curtir sem medo de ser feliz essas 7 músicas, que parecem ter sido feitas para elevar a autoestima e deixar o ex para lá de uma vez por todas.

1 – Part of me (Katy Perry)

Katy Perry, aquela linda, sempre nos ensinando como se comporta uma mulher independente e dona de si mesma. A música toda é uma delícia, mas o verdadeiro inseticida de ex-namorados fica por conta do refrão: “this is the part of me that you never gonna ever take away from me”, ou “essa é a parte de mim que você nunca vai tirar de mim”, diz a cantora. E quem ousaria duvidar, Katy?

Part Of Me by Katy Perry on Grooveshark

2 – Reza (Rita Lee)

Existe solução melhor para exorcizar o fantasma do ex que uma oração muito bem feita? Para Rita Lee, não existe. Por isso, ela enumera na canção diversas súplicas a Deus, para que a proteja de toda a inhaca que ele e – por que não? – suas possíveis atuais estejam rogando contra ela. A música é calma, mas muito divertida. E não custa nada tentar acompanhar a cantora em seus pedidos de proteção contra mau-olhado.

Reza by Rita Lee on Grooveshark

3 – Man! I feel like a woman (Shania Twain)

Tudo bem, a música de Shania Twain já faz parte de um repertório ligeiramente empoeirado, mas não deixa de ser um hino para mulheres poderosas. A mistura de “men’s shirts, short skirts” (camisa masculina, saias curtas) continua representando bem o que nos tornamos – mulheres que ganham a própria vida sem perder a essência. O restante da letra fala por si só, um baita mulherão saindo à noite para se divertir, sem ter que dar satisfação a homem nenhum. Perfeita para quem precisa elevar o moral.

Man! I Feel Like a Woman! by Shania Twain on Grooveshark

4 – Puro êxtase (Barão Vermelho)

Excelente representante da máxima “old, but gold”. A música do Barão Vermelho fala sobre uma jovem senhorita que sai de casa vestida para matar e pronta para uma noitada das mais animadas. “Esmalte vermelho, tinta no cabelo, os pés no salto alto, cheios de desejo”. Perfeita para esquentar para a balada ou gritar com as amigas no carro.

Puro Êxtase by Frejat on Grooveshark

5 – So what? (Pink)

“E daí?”, quer saber Pink, depois de perder o marido – de um jeito incrivelmente engraçado. “So what? I’m still a rock star!, ou “E daí? Eu continuo sendo uma estrela do rock!”, diz o começo do refrão. Créditos extras pelo clipe divertidíssimo que acompanha a música, igualmente animada.

So What by Pink on Grooveshark

6 – Meu erro (Paralamas do Sucesso)

Os rapazes do Paralamas do Sucesso estavam inspirados quando escreveram essa. “Meu erro foi crer que estar ao seu lado bastaria”, cantam eles, numa clara declaração de decepção para com a ex.

Meu erro by Os Paralamas do Sucesso on Grooveshark

7 – Smile (Lily Allen)

A fofa da Lily Allen conta a história de um ex dos mais canalhas e de como ela se diverte ao vê-lo correr atrás dela de novo. “At first, when I see you cry, yeah, it makes me smile”, ou “em primeiro lugar, quando eu te vejo chorar, sim, isso me faz rir”, canta a moçoila, triunfante, e completa: “”at worst I feel bad for a while, but then I just smile”, em português “no máximo me sinto mal por um instante, mas depois eu apenas rio”. Tudo isso coroado por um clipe fofo como ela só.

Smile by Lily Allen on Grooveshark

Comentários
Dicas relacionadas