Dicas de Mulher Dicas de Saúde

5 coisas que os médicos gostariam de lhe dizer

Alguns dos pedidos dos médicos são a franqueza do paciente e a revelação da real situação; sem omissões

em 15/09/2014

Foto: Thinkstock

Alguma vez, durante uma consulta médica, você já se perguntou o que, de fato, seu médico estava pensando enquanto lhe consultava? E o que realmente ele gostaria de lhe dizer?

As consultas médicas são, geralmente, muito sucintas e objetivas e por isso, não sobra muito tempo para um bate-papo com o médico a fim de sabermos, de fato, o que ele está pensando e o que realmente gostaria de dizer. Confira a seguir algumas verdades que os médicos gostariam de dizer aos seus pacientes se pudessem.

1 – “Explique os seus sintomas com exatidão: quando começaram, o que são e em que frequência acontecem.”

De acordo com alguns médicos, saber explicar os sintomas com exatidão faz com que o diagnóstico seja mais preciso e ajuda a tornar o tratamento mais eficaz.

No entanto, muitos pacientes explicam o que está acontecendo de maneira confusa, o que pode prejudicar as decisões tomadas pelo médico. Por isso, vale a pena elaborar uma lista com os sintomas e lembrar-se de acrescentar os detalhes: o que você realmente está sentindo, quando os sintomas começaram e com que freqüência acontecem.

2 – “Por favor, não me faça ler as páginas que você imprimiu da Internet.”

Muitos pacientes costumam pesquisar em sites de busca sobre o significado dos sintomas observados. No entanto, os médicos afirmam que muitos sites disponíveis na rede dispõem de informações superficiais e muitas vezes incorretas, o que pode levar o paciente a sofrer por antecipação sem realmente saber o que está acontecendo.

Por isso, o melhor a se fazer é consultar o médico e esclarecer todas as dúvidas diretamente com um especialista, a fim de evitar preocupações desnecessárias. No caso dos pacientes que insistem nas pesquisas pré-consulta, é fundamental atentar-se à fonte das informações e certificar-se de que se trata de um site confiável.

3 – “Se for atrasar ou faltar à consulta, por favor, avise com antecedência.”

Todo paciente detesta quando sua consulta atrasa e o mesmo se aplica aos médicos, que também não gostam de esperar pelos atrasados. Sabe-se que imprevistos acontecem e que nesses casos o atraso é inevitável. Mas o que vale é o bom senso e o melhor a se fazer para evitar esse tipo de situação é avisar o quanto antes, já que o atraso demasiado pode ser sinal de desconsideração pelo médico e os outros pacientes.

4 – “Você não está doente. Só quer um atestado médico.”

Muitos médicos afirmam já terem passado por situações em que o paciente simula sintomas e sensações de mal-estar para conseguir um atestado médico. Vale a pena lembrar que esse tipo de atitude é facilmente identificada pelos médicos, além de ser considerada de natureza antiética, por isso, não deve ser praticada.

5 – “Seja franco. Se você não tomou os medicamentos prescritos, diga.”

Segundo médicos entrevistados, muitos pacientes, ao retornarem à consulta médica, afirmam que os sintomas não foram aliviados e que o tratamento prescrito pelo médico não tem sido eficiente. No entanto, a maioria deles, não tomou os medicamentos necessários e esconde essa informação do médico. Portanto, para evitar problemas com o tratamento, é fundamental dizer ao médico exatamente o que você está fazendo, para que, assim, sejam tomadas as decisões apropriadas.

Comentários
Dicas relacionadas