Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

4 regras de etiqueta de um salão de beleza

Ao contrário do que se possa pensar, nem tudo é permitido no ambiente do salão

em 22/05/2013

Foto: Thinkstock

Salão de beleza, este reduto quase exclusivamente feminino, no qual é permitido passar horas fazendo “coisas de mulherzinha”, levar o tempo que for necessário para decidir a cor do esmalte, fofocar com os profissionais e as demais clientes, dentre outras atividades prazerosas. É claro que há a parcela da população que não aprecia nem um pouco o ambiente do salão e só passa por lá quando a situação se torna insustentável. Mas será que o salão é mesmo um lugar que permite tudo – ou quase tudo? O guia abaixo deve ser levado em conta para evitar constrangimentos e indelicadezas ao visitar o salão de beleza.

1. Não se atrase

Marcar horário no salão não é o mesmo que marcar horário no médico, tudo bem, mas respeitar os horários marcados cai bem para qualquer compromisso. Procure chegar na hora certa, porque há outras pessoas que dependem da sua pontualidade. Se você se atrasa, todas as outras pessoas que têm horários depois de você terão que ficar esperando. Além disso, há profissionais comissionados, que dependem do número de trabalhos que realizam durante o dia – e seu atraso pode prejudicar o desempenho deles. É uma questão de educação.

2. Não fale da vida alheia

Atualmente, nas grandes cidades, essa é uma prática menos comum, porque as pessoas se conhecem menos. No entanto, nas cidades do interior, falar da vida alheia – principalmente falar mal da vida alheia, na verdade – ainda é um dos passatempos prediletos das freqüentadoras de salões de beleza. Mas, além de indelicado, você corre o risco de estar falando de uma pessoa que, por acaso – o mundo é bem pequeno -, é conhecida de alguém que está ali naquele momento. Por via das dúvidas, evite.

3. Não fale demais da sua vida

Uma coisa é compartilhar pequenos acontecimentos da sua vida com o cabeleireiro, principalmente quando vocês se conhecem há algum tempo, para quebrar o gelo do silêncio. Outra coisa completamente diferente é sair falando sobre detalhes do seu relacionamento, problemas de família, pontos desnecessários da sua vida sexual, entre outros temas que dizem respeito somente a você. Portanto, conversar é permitido, naturalmente, desde que o assunto seja ameno e não invada a intimidade de ninguém – nem a sua, nem a do profissional, nem a dos outros clientes.

4. Avise – com antecedência – se precisar cancelar seu horário

Na verdade, essa é uma regra válida não apenas para o salão de beleza, mas para qualquer serviço para o qual haja a necessidade de marcar um horário antecipadamente. Médico, dentista, psicólogo, enfim, todo profissional que trabalha com uma agenda o faz justamente para evitar aborrecimentos. Se você marcou e não poderá comparecer, ligue com pelo menos duas horas de antecedência para avisar. Dessa forma, a pessoa poderá adiantar um outro serviço ou mesmo encaixar alguém que está esperando por um horário. Quando você não avisa, ou avisa muito em cima da hora, está ocupando um tempo precioso – e tempo, como todos sabem, realmente significa dinheiro, para essas pessoas. Além de demonstrar educação, você demonstra consideração pelo trabalho e pelo tempo do cabeleireiro.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas