Dicas de Mulher Dicas de Saúde

4 maneiras de conservar a cebolinha por mais tempo

Conheça os benefícios desse alimento e saiba como prolongar sua vida útil

em 26/11/2013

Foto: Thinkstock

As cebolinhas são um ótimo tempero e seu uso é superversátil: elas dão um toque especial para uma variedade enorme de refeições. Podem ser acrescentadas em omeletes, sopas, purês e carnes, e, além de conferirem cor e sabor, deixam seu prato ainda mais bonito!

Se você ainda não tem o costume de consumi-las, saiba que, além do sabor, elas também trazem benefícios à saúde: possuem vitamina A, que atua como antioxidante e melhora o sistema imunológico; vitamina C, que retarda o envelhecimento e previne doenças; e ainda contam com nutrientes benéficos, como cálcio e fósforo.

Só tem um problema: elas não duram muito tempo na geladeira. Seu tempo de conservação é curto e, como geralmente usa-se pouco, logo elas murcham e podem ir para o lixo antes de você usar o ramo todo.

Felizmente, há alguns métodos que podem ajudar a preservar essas hortaliças. Confira abaixo algumas maneiras simples que vão fazer sua cebolinha durar mais!

1. Continuar crescendo

Assim que comprar a cebolinha, coloque-a em uma jarra e encha de água até cobrir as raízes. Coloque-as próximas à janela e adicione água quando necessário. Assim, as cebolinhas vão continuar vivas e se desenvolvendo por até algumas semanas! Mas, não se esqueça: elas vão perdendo o sabor com o passar do tempo.

2. Armazene melhor

Outra maneira de preservar a cebolinha é guardá-la na geladeira envolta em um papel-toalha úmido. Dessa forma, ela vai conservar a umidade.

3. Recuperando

Se suas cebolinhas já estiverem murchas, há uma forma muito simples que pode ajudar a recuperá-las! O truque é água gelada. Quando vegetais começam a ficar flácidos, é porque perderam a umidade. Por isso, deixe de molho em um banho de água gelada por 15 a 30 minutos até que a hortaliça se recupere.

4. Congele!

Por último, a forma mais conhecida: você pode congelar a cebolinha. Depois de lavada, seca e picada, coloque em um saco plástico hermeticamente fechado e guarde no congelador. Na hora de utilizar, você pode colocá-la direto no alimento, no fim do cozimento, e ela vai descongelar em poucos segundos.

Outras dicas

A nutricionista Marina Donadi ressalta que, quando mais fresco o alimento for consumido, melhor. Isto porque o alimento perde seus nutrientes à medida que passa por processos como o de congelamento. Por isso, procure sempre comprar legumes e verduras em pequenas quantidades e consumir antes que murchem.

Outra boa opção é plantar a sua própria cebolinha em um a horta em casa! Esta é uma de suas vantagens: é um dos poucos temperos que pode facilmente ser cultivado em casa. Não precisa ter prática para o plantio: basta colocar as sementes em um vasinho, regar e esperar. Em poucos dias você terá cebolinha fresca em sua casa!

Comentários
Dicas relacionadas