10 dicas para lidar com emergências com os filhos

Saiba o que fazer quando as crianças se envolvem em acidentes domésticos

Por Fernanda Boito
Atualizado em 07/08/2012 10:14
10 dicas para lidar com emergencias com os filhos 10 dicas para lidar com emergências com os filhos

Foto: Thinkstock

Acidentes domésticos envolvendo crianças são muito comuns e na maioria das vezes os pais não sabem muito bem como lidar com a situação. Nesse caso, a falta de preparo do pai e da mãe acaba desesperando ainda mais a criança que cortou o pé ou engoliu um objeto que fazia parte do brinquedo. Por isso, selecionamos 10 dicas que vão ajudar a lidar com emergências envolvendo as crianças. Confira.

E se meu filho…

1 …colocou um objeto de metal na tomada e por isso levou um choque?

Se a criança estiver respirando e falando normalmente, não há motivos para preocupação. Porém, se os reflexos de seu filho estiverem lentos, você deve levá-lo ao médico para verificar se há algo de errado com a criança. Em casos de queimadura, lave o ferimento com água fria para esfriar a pele. Mas se houver bolhas, vermelhidão intensa e muita dor, também procure por um médico.

2 …se cortou?

Nesses casos, pressione o ferimento durante cinco minutos com algum tipo de material absorvente, como um pedaço de pano ou uma camiseta limpos, para conter o sangramento. Assim que o sangramento parar, lave o ferimento com água e sabão e aplique uma pomada antisséptica e está tudo bem. Mas, se o sangramento não cessar dentro de dez minutos, procure um médico.

3 …engoliu algum objeto muito pequeno?

Se seu filho estava brincando e acabou engolindo uma das partes do brinquedo, acalme-se. Se ele estiver respirando normalmente, não sentir dor ou não vomitar, não há motivos para pânico; mas vale a pena levá-lo ao médico para a realização de um raio-x a fim de verificar se realmente está tudo bem. Por outro lado, se a criança estiver tossindo, sentindo-se ofegante e com dificuldade para respirar, leve-a para o hospital imediatamente, já que alguma via respiratória pode estar obstruída.

4 …está com o nariz sangrando?

Nesse momento é importante que os pais procurem acalmar a criança, já que o fato dela estar assustada e chorando pode aumentar o sangramento. Para que ele cesse, procure manter seu filho sentado e ereto e então mantenha o nariz da criança pressionado com firmeza durante cinco minutos. Se o sangramento persistir, procure um médico.

5 …foi mordido por um carrapato?

Muitos pais podem ficar preocupados nesse tipo de situação já que o carrapato pode transmitir algumas doenças. Mas, isso só acontece se ele permanecer no corpo por mais de 36 horas. Por isso, se seu filho aparecer com um carrapato no corpo, assim que puder, retire-o com uma pinça, lave o ferimento com água e sabão, desinfete com álcool e utilize uma pomada antisséptica. Dessa forma, não há perigo de contágio de doença alguma.

6 …perfurou o pé com um objeto pontiagudo?

Desde que o ferimento não tenha sido fundo e que não haja nenhum pedaço de objeto dentro do corpo da criança, os pais podem ficar tranqüilos e tratar do corte em casa. Para isso, lave o ferimento com água morna e sabão, utilize uma pomada antisséptica e cubra o ferimento com um curativo. Durante alguns dias observe se há sinais de infecção no corte e em caso positivo, procure um hospital.

7 …engasgou?

Nesses casos, se a criança estiver respirando normalmente, não há motivos para pânico. Caso contrário, dê alguns tapas leves nas costas de seu filho para que ele comece a tossir e assim elimine o que foi engolido de forma incorreta. Se houver dificuldade de respiração, procure um médico o mais rápido possível.

8 …perdeu um dente em uma pancada?

Assim que o dente cair, limpe-o com um pouco de leite, coloque-o de volta na cavidade e corra para o dentista. Especialistas confirmam que as chances de salvar um dente são maiores se ele for re-implantado em menos de uma hora.

9 …está com uma crise de alergia?

Na maioria dos casos, uma dose de anti-histamínico, um medicamento utilizado para aliviar os sintomas da alergia, é o suficiente. Porém, se os sintomas forem mais graves, como por exemplo, se houver dificuldade para respirar e inchaço dos lábios, procure um médico imediatamente.

10 …prendeu a cabeça entre as barras de uma cerca?

Pode parecer engraçado, mas esse tipo de situação ocorre com mais freqüência do que imaginamos. Como nos outros casos, se a criança estiver respirando, não há razão para pânico. Simplesmente ajude-a a retirar a cabeça dali com jeitinho. Em casos extremos em que os pais não conseguem retirar a criança da situação, chame os bombeiros para ajudá-los ou corte a cerca!